Tin Ah

Nasceu em Teerão, no Irão. Começou a estudar arte, grafismo e design em 2005, na Universidade de Teerão. Em 2007, começa a fazer fotografia e modelagem numa pequena oficina de Teerão, onde realiza duas exposições de pintura e ilustrações com os temas  A lua nunca cai  e Vermelho, preto e branco. Em 2012 faz uma exposição na Suíça em Friburgo. Atualmente estuda na « Haute école d' art et design » em Genebra (HEAD) na área da comunicação visual. A sua pintura representa pessoas que cruzaram o seu caminho e por vezes são também retratos do seu estado de espírito. Não representa somente assuntos ou objetos do mundo real, ilustra também a natureza, formas e objetos imaginários. Pinta sem título especifico porque na sua opinião, é a pintura ela mesma que deve falar e mostrar uma vida invisível. Gosta de apresentar as coisas do interior, de mostrar qualidades, as coisas que sente e que a interpelam. Quando pinta, começa por captar os olhos. São eles que a inspiram em primeiro lugar, seguindo-se a forma da cara e terminando com a forma do corpo. As cores representam o sentido da vida : o cinzento é a cor da normalidade destinada se misturar-se com outras cores / sentimentos da vida; o verde representa a natureza e o infinito; o azul representa Deus, sempre presente.

em breve